HOSPITAL DE AMOR SUSPENDE ATIVIDADES HOSPITALARES E AMBULATORIAIS

Por conta do grande número de trabalhadores afastados





O Hospital de Amor de Barretos, antigo Hospital do Câncer, informou por conta da Medida Judicial da Vara do Trabalho de Barretos que determinou o afastamento de diversos trabalhadores da instituição por conta da contaminação por coronavírus, suspenderá temporariamente suas atividades ambulatoriais e hospitalares, nas unidades adultas da cidade de Barretos, em virtude do grande número de colaboradores que foram afastados.




O Hospital Informou também que para o cumprimento da Medida Judicial, será necessário um aumento significativo dos custos operacionais da empresa, o que compromete a já precária situação financeira da instituição.

Em nota informaram: “Assim que readequarmos o dimensionamento da equipe de trabalho, voltaremos à normalidade dos atendimentos, para que não haja prejuízos na continuidade dos tratamentos dos nossos pacientes”.

No último dia 13 noticiamos a morte do enfermeiro EdsonFrancisco da Silva, 45 anos. Um exame particular havia dado resultado positivo para o coronavírus e aguardava contraprova do Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo. Ele tinha comorbidades e estava internado no Hospital Nossa Senhora, em Barretos, mesmo local onde presta atendimentos e para onde são encaminhados todos os pacientes com suspeita ou Covid-19 confirmada. 

Fonte: Hospital do Amor de Barretos.