COVID 19 PELO MUNDO – DINAMARCA REABRE AS ESCOLAS

Espanha registra queda no balanço diário de mortes



A Dinamarca começou a reabrir suas escolas nesta quarta-feira (15), após um mês de fechamento em consequência da pandemia do coronavírus. O país, que decretou o fechamento dos estabelecimentos em 12 de março para conter a propagação do novo coronavírus, foi o primeiro europeu para reabrir as creches e escolas do ensino básico.

A África registrou mais um dia de crescimento do coronavírus. Agora o continente soma 15.900 casos e 520 mortes. A África do Sul segue como o país com mais infectados, com 2.415, enquanto a Argélia tem o maior número de óbitos, com 326.

O Irã divulgou os números atualizados da Covid-19. Com 1.512 novas infecções nas últimas 24 horas, o total agora é de 76.389. Também foram 94 mortes, chegando a 4.777 ao todo. É oitavo país com maior número de infectados no mundo.

A cidade de Guayaquil, no Equador, vive a pior situação da América do Sul por conta do coronavírus. A prefeita Cynthia Viteri declarou que hospitais e cemitérios e hospitais entraram em colapso, não tendo mais espaço "nem para vivos e nem para mortos". O país registra mais de 7,5 mil casos e 369 mortes, sendo que mais de 70% desses números ocorreram em Guayaquil, mas há centenas de óbitos e infectados não "oficializados". Entenda como o Equador chegou a esse ponto.



A Organização Mundial de Saúde atualizou os números da Covid-19 nas Filipinas. São 230 novas infecções, totalizando 5.453 até a manhã desta quarta-feira(15). É o país com mais casos na região Sul da Ásia. Também foram registradas mais 14 mortes – são 349 ao todo.

A China está "profundamente preocupada" com o anúncio do presidente Donald Trump de suspender a contribuição financeira americana à Organização Mundial da Saúde (OMS) por sua gestão da pandemia de coronavírus.

A Espanha registrou uma redução no balanço diário de mortes provocadas pelo coronavírus, com 523 óbitos nas últimas 24 horas. O número total de mortes passa de 18,5 mil. O número de contágios na Espanha, no entanto, aumentou após seis dias de queda. O total de casos notificados passa de 177,6 mil. Terceiro país mais afetado pela Covid-19 está sob um rígido confinamento desde 14 de março, mas alguns setores retornaram ao trabalho na segunda-feira (13).

Fonte: G1 e Bem Estar